15 de janeiro de 2018

Investimentos para a vida e não para o momento

Você sabia que se você entrar em quase qualquer artigo da Wikipedia e clicar no primeiro link dentro do artigo (que te levará a um novo artigo) repetidamente, eventualmente você sempre irá parar no artigo sobre Filosofia? Filosofia é o estudo que lida com a natureza da existência humana, portanto ela sempre é a base de qualquer discussão. Ao entrar no artigo de Economia da Wikipedia, por exemplo, você irá parar no artigo de Filosofia apenas após clicar quatro vezes no primeiro link que aparecer na página (Economia -> Ciência -> Conhecimento -> Fato -> Filosofia). Não existe a opção de ignorar filosofia em nossas vidas ou descarta-la como sendo inútil. De fato, ela é inútil, mas não pode ser descartada como tal, pois ela é a única coisa que nos permite analisar e desvendar a nossa própria natureza e consequentes ramificações.

Apesar de ser extremamente importante, acredito que filosofia pode ser seguramente classificada como inútil também. Isso é o que a filosofia chama de paradoxo. Ela é importante, pois ela nos ajuda a entender a natureza humana e contribui para nossa capacidade de decifrar o mundo e os nossos próprios pensamentos. Por exemplo, ética e moral são dois conceitos básicos da filosofia, usados por praticamente todas as demais ciências. Filosofia acaba sempre sendo o principal pilar que suporta todas as demais áreas de estudo. Tudo começa com algum princípio filosófico, como podemos ver ao navegar na Wikipedia. Extremamente importante, certo? Certo! Mas por que, então, alguém ousaria classificar filosofia como inútil?

Apesar da filosofia ser fundamental para a humanidade, ao ser a base de tudo, ela também é absolutamente inútil, ao não ter uma base própria. O objetivo principal da filosofia é responder três perguntas:
  1. De onde viemos?
  2. Por que estamos aqui?
  3. Para onde vamos?
Perguntas básicas da filosofia
E, pasme, está três perguntas permanecem sem resposta há milênios. Estas três perguntas estão presentes na mente dos seres humanos desde que aprendemos a pensar. A filosofia formal se torna evidente na Grécia Antiga com Pitágoras em 500 a.C. e estas perguntas são formalmente registradas. Agora estamos 2.500 anos no futuro e, após análise de todas as brilhantes mentes que existiram nesse período, as três perguntas continuam sem resposta. Ninguém consegue provar de onde viemos, por que estamos aqui e para onde vamos após a morte. Muitas ideias foram propostas, muitas religiões foram formadas, mas até o momento continuamos sem respostas reais.

Algo que não consegue cumprir seu objetivo básico deve ser classificado como inútil. A filosofia não consegue responder as três perguntas básicas que compõem sua base, portanto além dela não possuir uma base, ela também é inútil ao não cumprir seu objetivo. Ela é incrivelmente necessária ao ser a base das demais ciências, porém ela é inútil quando só. A filosofia é o melhor exemplo de perseverança. Ela se deparou com uma drástica limitação - a de não conseguir cumprir seu objetivo principal - e encarou o fato e seguiu em frente com sua vida. Ela olhou na cara das demais ciências e disse, "Eu sou inútil, mas vocês precisam de mim. Serei a base de todas vocês!" Ela poderia ter desistido quando percebeu que era inútil, mas ela seguiu em frente e se tornou a base de tudo. A filosofia nos mostra que a perseverança sempre ajudará a superar as limitações e as dificuldades momentâneas que aparecem em nossas vidas.

Como enxergar a vida através dos momentos

Você vive a sua vida apenas um momento por vez, portanto qualquer acontecimento imediato ganha uma importância imensa e se torna o seu foco absoluto. Quando algo acontece na sua vida, positivo ou negativo, o impacto é imenso e imediato, pois é a única coisa que você está vivenciando no momento. Se sua vida fosse uma imagem que coubesse na tela do seu computador ou celular, o momento que você está vivendo agora seria apenas um pixel de toda a imagem. O problema, porém, é que você nunca consegue enxergar a imagem inteira. A grande maioria das pessoas consegue enxergar apenas um pixel - o momento em que estão vivendo naquele exato instante. Por este motivo muitas pessoas sofrem alterações psicológicas, como depressão, tristeza ou até mesmo o oposto, como euforia e excesso de confiança. Se algo bom acontece em sua vida, como atingir um grande objetivo, você se sente invencível, andando pela rua de peito estufado, achando que nada pode te abalar. Se algo ruim acontece em sua vida, você fica triste, sem ânimo para sair de casa. Alguns até tomam a própria vida, num surto de tristeza extrema. Estas pessoas estão focando em apenas um pixel da imagem da vida.


Sua vida
Um período da sua vida
Uma breve fase da sua vida
Um momento da sua vida

Algumas pessoas, porém, conseguem enxergar não só o pixel do momento atual da vida, como também os pixels ao redor daquele momento (a fase ou o período da vida). Ao se deparar com um acontecimento, elas contextualizam a situação em relação a uma visão maior de suas vidas e analisam se aquilo realmente é significante. Uma pessoa que consegue enxergar alguns pixels ao redor do momento em que está, não se abala ao ser assaltada, por exemplo. Ela não se isola do mundo ao terminar um relacionamento. Ela não gasta todo seu dinheiro ao receber um aumento e não se arrisca além da sua capacidade. Algumas pessoas conseguem enxergar melhor os pixels de tras, possuindo grande memória e entendimento sobre eventos do passado. Outras são boas em enxergar os pixels a frente, com uma capacidade enorme de prever e se preparar para eventos futuros. Algumas conseguem enxergar os dois e montar um pedaço completo da imagem da sua vida, o que resulta em uma enorme vantagem, ao conseguir contextualizar o momento de sua vida em relação a fase de sua vida.

Grandes mestres, porém, conseguem enxergar boa parte da imagem. Como disse, ninguém consegue enxergar a imagem toda, pois ela é muito grande. Não conseguimos lembrar nossos primeiros dias de vida, da mesma maneira que não conseguimos imaginar nossos últimos. Mas é possível enxergar o suficiente de pixels para que a imagem se torne clara. Seria como visualizar a imagem de um quebra-cabeça com algumas peças faltando. Mas este tipo de visão é rara, pois exige uma mente extremamente evoluída e preparada. Ouso dizer que Jesus, Buda, Maomé e Krishna, todos possuíam a habilidade de ver quase toda a imagem. Eles moveram multidões e revolucionaram o mundo, tornando-se ícones que sobrevivem a passagem do tempo. Este tipo de visão é para poucos, pois ela obriga a pessoa a lidar com todos os acontecimentos da vida com uma paciência infinita, ao possibilitar a compreensão e contextualização de todos os momentos (pixels) em relação a  vida (imagem completa) como um todo. Jesus (falando do personagem, e não do homem) pediu para Deus perdoar as pessoas que o matavam. Que tipo de preparo psicológico alguém precisaria ter para encarar a morte desta forma? Ninguém consegue dizer onde o homem Jesus termina e onde a figura cristã de Jesus começa, porém as qualidades atribuídas a ele em textos históricos são impressionantes. O mesmo vale para os outros três que listei. Obviamente, grandes mestres são escassos e mudam drasticamente, e de forma consciente, o mundo para melhor. 

Você não precisa ter como objetivo enxergar a imagem quase completa, como os grandes mestres. Você precisa apenas enxergar o suficiente para se manter feliz e não se abalar pelos momentos da vida. Um momento ruim não é nada além de um momento ruim. Um momento bom é tão temporário quanto a sombra de uma nuvem num dia de sol. Momentos vem e vão, cada um contribuindo um pixel para a imagem da sua vida.

Existe uma regra chamada a Regra dos Cinco por Cinco. Ela diz que você não deve se preocupar mais de cinco minutos com algo que não terá importância daqui cinco anos. Ao pensar desta forma, você se obrigará a enxergar todos os pixels que compões a sua vida até cinco anos no futuro. Lembra aquela batida que você deu no seu carro e te deixou bastante chateado? Ou aquele namoro que terminou e te arrasou por dias? Aquela promoção que você não recebeu no trabalho ou oportunidade de negócio que fugiu de você, fazendo você achar que seu futuro profissional estava acabado? Estas coisas todas vieram e foram, formando um pixel na imagem da sua vida, porém hoje não tem mais significância alguma. Não seria legal se, na época em que estes momentos foram vividos, você pudesse enxergar além do momento específico e perceber que sua vida era muito mais que aquilo? Que você continuaria seguindo em frente e que iria ainda viver diversos novos momentos que iriam ofuscar completamente aquele momento específico? Este deveria ser o objetivo de todas as pessoas, pois permite viver a vida de maneira mais leve, com menos preocupações e dramas.

Carteira de investimentos para a vida

Este blog é de finanças e até agora não falei sobre o tema. Gosto de tratar minhas postagens como um almoço de domingo em família. Ele começa a ser preparado cedo, envolve um esforço danado e tem um cheiro maravilhoso. Fica cozinhando horas e horas e, quando fica pronto às 14:00, você está faminto e se delicia com a comida que está na mesa. Se eu não explicar todo o contexto e apresentar somente a mensagem principal, pode ser que você não a aproveite. Afinal, qual refeição se destaca na sua mente: aquela de domingo a tarde com sua família ou aquele fast food sozinho na terça feira a noite? Este blog não é fast food. Se você gosta de postagem fast food, aconselho a ir em frente para o próximo blog. Agora, se você está disposto a esperar o almoço ficar pronto e até participar na cozinha, prometo também entregar uma sobremesa gostoso, através das minhas ilustrações toscas rudimentares.

Quando você começa a enxergar o suficiente da imagem da vida, olhando além do pixel do momento, você começa a perceber que alguns eventos são cíclicos. Por mais que a imagem nunca seja igual em dois pontos, ela mantem alguns padrões. Estamos no meio, eu diria, de um ciclo financeiro muito positivo tanto no Brasil quanto no mundo. Muitos investidores só veem seu patrimônio subir há alguns meses. Porém, devemos sempre ter em mente que isto é temporário e em breve entraremos na parte desagradável do ciclo de finanças - aquela em que pessoas perdem dinheiro. Quando isto acontecer, muitos ficarão desmotivados ou pior. Quantos já não perderam família ou a própria vida por causa de dinheiro? O objetivo desta postagem é fazer com que você pare por um instante e analise o momento de sua vida. Se você possui investimentos, certamente está em um momento muito bom. Porém, olhe para os pixels ao seu redor. Lembre-se de 2014-2015, quando tudo ia mal. Veja os pixels a frente e a futura queda econômica que ela mostra. Entenda que o momento atual é apenas um momento e ele irá passar, e prepare-se para quando isto ocorrer.

Nunca aposte mais do que você esteja disposto a perder. Investimentos em renda variável, como Bolsa de Valores e Fundos Imobiliários, são apostas. Não mantenha seu dinheiro em renda variável se você não pode perde-lo da noite pro dia. Por mais invencível que você possa se achar, lembre-se que você está apenas vivendo um momento, em um pixel. Olhe para os pixels ao seu redor e tente enxergar um pedaço da imagem da sua vida. Sua carteira de investimento está montada para o momento atual ou para toda a sua vida? Se você possui uma carteira montada para o momento, ela certamente irá te desapontar eventualmente, pois os momentos mudam de maneira brusca e inesperada. Pode ser que sua carteira seja totalmente inadequada para o momento que te espera no próximo pixel. Portanto, garanta que sua carteira está montada para te trazer bons resultados por toda a sua vida, não somente para este momento que você está vivendo agora.

Eu disse na minha última postagem que winter is coming. House Stark tem razão (se você não sabe do que estou falando, faça o favor de ir assistir Game of Thrones; garanto que não irá se arrepender). E quando o winter chegar, você deverá começar a se preparar para o summer. Você deve sempre estar preparado para o momento em que você está vivendo, enquanto se prepara para o momento que está por vir. Neste momento, por exemplo, estou com uma carteira montada que permitiu surfar intensamente os rendimentos do último ano e meio. Porém, agora já estou começando a fazer pequenas modificações para me preparar para o próximo momento, o de declínio da economia mundial e brasileira. Eu ou qualquer outra pessoa jamais conseguirá precisar quando o cenário irá reverter, pois isto exige habilidade de adivinhação, algo que ninguém possui. O que pode ser feito, porém, é reconhecer que você está vivendo apenas um momento e que ele pode mudar. Você precisa estar preparado para estas eventuais mudanças. Acredito ser prudente começar a fazer uma lenta migração dos investimentos para ativos mais conservadores e pouco abalados por eventuais crises, minimizando os custos operacionais e tributação.


Winter is coming

Se preparando para a vida

Infelizmente nem tudo na vida pode ser previsto. Por mais que você foque em enxergar o máximo de pixels possíveis, sempre existirão momentos desagradáveis que te pegarão de surpresa. Eventos desagradáveis, similarmente aos agradáveis, são extremamente temporários. Na realidade, sua duração é prolongada apenas por sua vontade própria. Por exemplo, se você for assaltado e levarem seu celular novo, você pode ficar chateado por alguns dias. Ou você pode comprar um outro celular no dia seguinte e esquecer a situação.  Remoer uma situação por mais tempo do que o necessário é improdutivo e suga sua felicidade e capacidade de seguir em frente para um momento melhor. Num cenário mais complicado, como um câncer, por exemplo, o mesmo também se aplica. Você deve fazer sua parte e levar um dia por vez, momento a momento, até vencer o câncer. Algum tempo depois, esta fase complicada da sua vida terá sido apenas isto - uma fase difícil em sua memória, sendo que agora sua vida é repleta de diversos outros momentos e acontecimentos diferentes. 

Com finanças, este tipo de coisa é mais fácil de reconhecer do que com assuntos genéricos na vida. Um evento que causa uma desvalorização do patrimônio ou a perda de dinheiro é fácil de perceber e encontrar a causa raiz. Apesar de serem mais fáceis de reconhecer em relação a acontecimentos na vida, desastres financeiros são mais difíceis de aceitar. A perda de dinheiro já levou a muitos a perderem muito mais que dinheiro, como a família, amigos ou a própria vida. Isto demonstra um despreparo emocional em muitas pessoas, inclusive aquelas consideradas ricas ou poderosas, pois não souberam lidar com adversidade. Não souberam olhar para os pixels ao redor e reconhecer que aquele era apenas um momento em uma vida inteira repleta de infinitos momentos. Quando você eventualmente perder dinheiro, seja com investimentos, empreendimentos, assalto ou qualquer outra coisa, lembre-se que aquilo será apenas um momento, representando apenas um pixel na imagem da sua vida.

Tudo é temporário e nada deveria te abalar, pois a vida é composta de infinitos momentos e você está vivendo apenas um deles.

10 comentários:

  1. Olá FC!

    Não estava conseguindo acessar seu blog, que bom q vc está no ar novamente com suas ilustrações!

    Realmente a opacidade cognitiva não nos permite ver o futuro além do que uma imagem num nevoeiro. Esse é o maior risco de comprar atalhos com promessas de enriquecimento instantâneo.

    Acho que a nossa visão de mundo enviesa muito nossos investimentos. Não considero ser sócio de um investimento como algo tão arriscado assim, e também não acho que emprestar dinheiro pra banco ou governo seja sinônimo segurança.

    Daí a importância da filosofia de investimentos! Tem que deitar no travesseiro e dormir bem, se não for assim estou investindo mal!

    Grande abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fala Janota! É isso ai. Não somos bons em ver a imagem toda, devido a névoa que você mencionou. Essa névoa é causada por diversos fatores, tanto internos quanto externos. Mas quanto mais nos preparamos para enxergar a imagem toda, mais rapidamente a névoa vai se dissipando.
      Sobre investimentos, o mais prudente é ter um portfolio diversificado. Assim você não sofre grandes tombos (mas também não terá ganhos milagrosos).
      E é o que você disse, o importante é dormir bem a noite. No final, é isso que importa.
      Abraço!

      Excluir
  2. Muito legal o post! Que bom que voltou a postar.

    Na tua opinião, qual seria um exemplo de carteira (alocação, classe de ativos) bem preparada para tirar o melhor proveito da próxima crise?

    Abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá! Eu falei sobre gerenciamento de cartei na postagem http://financascotidianas.blogspot.com.br/2017/09/como-criar-e-gerenciar-uma-carteira-de.html?m=1

      Basicamente, não temos como prever quando será a próxima crise e onde ela terá mais impacto. Por isso a diversificação acaba sempre sendo a melhor escolha. Ela te garante um retorno moderado constantemente, e uma queda bem reduzida em tempos de crise.
      Ouro é sempre muito valorizado em tempos de crise. Acrescentaria ele na carteira nesse momento.
      Tesouro Selic também é uma boa jogada, pois é um retorno garantido.
      Quem sabe trabalhar com opções geralmente se dá bem em crises, pois é um tipo de seguro com alto retorno, se surfar a onda certa.

      Resumindo: ouro e opções. Mas isso como acréscimo em uma carteira já bem diversificada.

      Abraço!

      Excluir
  3. Muito bom o Post FC!

    Eu sinto muito essa parte da perspectiva com relação aos meus relacionamentos amorosos... acho que é o meu "fraco", pois quando eu gosto de uma garota, fico realmente sentido quando termina...

    Mas, olhando no plano maior, é apenas um momento, um detalhe da vida.

    Abraçosss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eae Japa!

      Sim, relacionamentos nos fazem focar no momento, por serem intensos e tomarem boa parte do nosso tempo. Mas precisamos manter em mente que aquele momento é apenas um pixel de toda a imagem.
      Se for um relacionamento verdadeiro, ele vai durar por quase toda a sua imagem. Um término, porém, é apenas um pixel e o sentimento do momento não existirá mais após poucos dias.

      Perspectiva é tudo na vida!

      Abraço!

      Excluir
  4. Olá Finanças Cotidianas,

    Espero que volte a postar. Estou aguardando o almoço de domingo (slow food)...

    Grande Abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fala Aportador!
      Vou voltar sim. A vida deu umas cambalhotas, mas em breve volto a preparar o almoção, rs.
      Obrigado pela visita e mensagem.
      Abs,
      FC!

      Excluir
  5. Espero que tenha se recuperado das cambalhotas.

    ResponderExcluir
  6. Muito legal a reflexão FC, eu sempre tento focar na visão do todo. Muitas pessoas nem me entendem, acham que dou pouca importância para certas coisas cotidianas, mas pra mim, estou enxergando lá na frente. Espero conseguir aplicar essa visão aos investimentos, pois acho que é a mentalidade que os ricos aplicam. abraço

    ResponderExcluir